Lembro de ter vivido um tempo tão desafiador em minha vida que tinha a sensação de estar correndo do lado de fora da pista de corrida. Enquanto todos estavam posicionados no centro, lembro-me da sensação de estar completamente sozinha, do outro lado da linha.

Você já se sentiu assim? Correndo sozinha? Lidando talvez com a dor de uma traição, lutando com rejeição, problemas familiares, ou até mesmo a dor de uma enfermidade em alguém tão próximo ou até mesmo em seu próprio corpo, onde você se depara com uma certa solidão?

Há algo que você precisa saber: Jesus também esteve nesse lugar, Ele conhece a sua dor. Você não está sozinha!

As escrituras nos dizem que poucos momentos antes de Jesus ser entregue para cumprir seu propósito, Ele foi ao monte para orar e levou consigo os discípulos mais próximos, porém, esses não entenderam a pressão que estava sobre o mestre. Diante da agonia da morte, enquanto Jesus orava, seus discípulos dormiam. Se há alguém que entende de solidão, esse alguém é Jesus.

A bíblia descreve que nós temos um sumo sacerdote que se compadece de nossas fraquezas. Ele conhece os desafios com os quais você está lidando agora mesmo e se compadece de você.

Algo preciosíssimo que aprendi nos meus dias mais sombrios, é que as trevas não são escuras demais para Ele.

Jesus mesmo diante do sofrimento, não teve medo da escuridão, da nossa escuridão. Ele se dispôs a pagar um alto preço se colocando em nosso lugar, mesmo que isso lhe custasse tudo. Ele deixou seu lugar junto ao Pai, cercado de glória e majestade, se encolheu para caber no mundo que Ele mesmo havia criado, caminhou em meio a sua criação, que não lhe reconheceu. Ele se despiu de si mesmo e se vestiu de humanidade e como se não bastasse, se tornou o menor entre os homens, o Servo de todos.

Acredite em mim, Jesus sabe exatamente como você se sente, e Ele não hesitou por causa da escuridão ou sofrimento, mas foi até o fim por causa da alegria que estava proposta a Ele. Você é essa alegria e a recompensa da cruz.

Jesus orou por você ao Pai, pouco antes de ser entregue. Ele orou para que o Pai te guardasse, para que você permanecesse.

Há beleza mesmo em meio aos testes. Enquanto você permanece, mesmo nas estações de mais profunda dor, ainda que não possa ver, ouro está sendo produzido dentro de você, força está brotando, uma incrível história está sendo escrita e o próprio Jesus – Aquele que se identifica com sua dor, que por hora também se sentiu incompreendido, sozinho e correndo fora da pista – Ele que hoje está à direita de Deus, cheio de glória e majestade, porém como homem, esse mesmo Jesus está te chamando pelo nome, vibrando por você e pedindo ao Pai que Ele a fortaleça, que transforme suas cinzas em beleza e que lhe entregue a recompensa que Ele a tornou digna de receber.

Então, ainda que por um momento você se sinta correndo do lado de fora, que os teus olhos permaneçam fixados no autor e consumador da sua fé, pois aqueles que olham para Ele não serão frustrados e seus rostos jamais mostrarão decepção.

Deixe uma resposta

Fechar Menu